Curiosidades Dicas

11 dicas de marketing digital para aplicar no seu negócio

11 dicas de marketing digital para aplicar no seu negócio

Sua marca aparece nos principais resultados de pesquisa online em seu segmento de mercado?

Em um mundo cada vez mais conectado, ter uma presença online bem construída é essencial para se destacar da concorrência e aumentar a visibilidade da sua marca.

Por isso, o marketing digital é importante para todos os tipos de negócios, online ou não.

Mas você sabe como usar suas estratégias de forma eficiente?

Para te ajudar, selecionamos 11 dicas de marketing digital que vão aumentar seu alcance na internet como o site da Bet20 e impulsionar suas vendas.

O que é marketing digital?

O marketing digital é uma vertente do marketing que reúne estratégias e ações para satisfazer os desejos de clientes e consumidores na Internet.

É por meio dele que diferentes empresas conseguem gerenciar sua marca, construir uma autoridade online e divulgar produtos e serviços de forma estratégica e eficiente.

Com cada vez mais pessoas e empresas interagindo no ambiente online, o marketing digital tornou-se altamente conceituado e praticamente essencial para quem deseja se destacar no ambiente digital.

Utilizando plataformas e ferramentas da Internet, você pode realizar campanhas, divulgar conteúdo e conversar de forma mais eficiente e direta com seus clientes.

As melhores dicas de marketing digital para o seu negócio

Se você tem um negócio digital, ou mesmo se não tem, mas entende a necessidade de interagir e conquistar clientes na internet, precisa dar uma olhada nas dicas de marketing digital a seguir!

1. Identifique suas personas de negócios

Persona ou buyer persona é a representação semi-imaginária do cliente ideal de uma empresa.

Diferentemente do marketing tradicional, que trata dos conceitos de público-alvo e segmento, que são mais completos e referem-se a um grupo de potenciais clientes que possuem características comuns; o marketing digital dá um passo adiante. Como essa é uma estratégia muito mais personalizada, você precisa entender mais profundamente um cliente específico.

Por isso, para criar ações ainda mais personalizadas e eficientes, é necessário mapear as características e personalidades de quem ou quem é considerado seu cliente ideal.

Identificar quem são os potenciais compradores do seu produto ou serviço é o primeiro passo para desenvolver sua estratégia de marketing digital.

Parece complicado? Um exercício pode ajudá-lo.

Tente pensar em seus clientes atuais ou em seus clientes ideais e responda às seguintes perguntas:

  • Há predominância de gênero, profissão, idade e região em que vivem?
  • Quais são os motivos que levam essas pessoas a encontrar a solução para um problema em sua marca?
  • Se você oferece mais de um tipo de produto ou serviço, consegue identificar as diferenças entre quem os compra?
  • Após essa análise, é hora de sintetizar tudo isso em personagens fictícios que representam as expectativas e comportamentos do seu consumidor real.

Esses perfis de pessoas com maior probabilidade de se interessarem pelo que você está anunciando são chamados de pessoas.

2. Faça uma pesquisa por palavra-chave

Você já ouviu falar em palavras-chave? São o conjunto de palavras, frases ou conceitos que resumem o ponto principal de um tópico.

No marketing digital, as palavras-chave são usadas para impulsionar a construção de sites, postagens em blogs, páginas de destino e outros conteúdos.

Existem dois tipos de palavras-chave:

  • Short Queue: São termos mais abrangentes e de início de funil, com uma ou duas palavras, que geralmente possuem um volume de busca maior, mas não são tão úteis para conversão, mas para geração de tráfego.
  • Fila longa: são termos mais específicos e intermediários, com mais de duas palavras, que oferecem maiores chances de conversão, pois atraem um público mais segmentado.
  • Se você trabalhar essas palavras em conjunto com técnicas de SEO, é provável que suas páginas tenham uma boa classificação nos mecanismos de pesquisa e recebam mais cliques.

Isso ocorre porque quando uma pessoa faz login no Google, por exemplo, e pesquisa um determinado tópico, ela intuitivamente usa esses termos.

Ou seja, usar palavras-chave em seu conteúdo faz com que você alcance o público que está procurando por você.

Por isso, é fundamental que você conheça os principais termos relacionados ao seu negócio. Para fazer isso, você pode usar algumas ferramentas de palavras-chave que tornam esse trabalho muito mais rápido e preciso.

Algumas ferramentas que você pode usar são:

  • SEMrush
  • MOZ
  • Ubersuggest

Planejador de palavras-chave do Google

Eles apresentam o volume de buscas dos termos pesquisados, mostram outras sugestões e ajudam você a estruturar sua estratégia com base em dados e tendências.

3. Produza um bom conteúdo

Como dito anteriormente, é mais provável que o conteúdo que usa as palavras certas apareça nos primeiros lugares de uma pesquisa.

Mas não basta fazer com que as pessoas cliquem no seu link, elas precisam estar interessadas no que vão encontrar lá. Ou seja, a base para uma boa estratégia de marketing digital está em conteúdos de qualidade, bem produzidos e com informações úteis.

Fornecer as respostas que os usuários procuram é um fator determinante para construir um relacionamento com seu público-alvo e possivelmente convertê-los em clientes fiéis.

Aproveite o tempo para encontrar diretrizes e tópicos relevantes para o seu público. Pense em como sua empresa pode ajudar essas pessoas a encontrar soluções para seus problemas.

Não se esqueça de incluir conteúdo que será valioso por um longo tempo – conteúdo perene. Ou seja, conteúdo durável, que não tem prazo de validade e que será atual e útil mesmo depois de anos.

Esse tipo de conteúdo é extremamente importante, pois não apenas ajuda a gerar tráfego constante para seu site, mas também ajuda a construir a autoridade de sua marca online.

E para que suas ideias não se percam, é importante criar um calendário editorial de marketing. Nele você coletará todas as ações que pretende realizar, definirá prazos e objetivos e poderá organizar melhor seu tempo.

4. Esteja presente nas redes sociais

Mesmo que sua empresa não seja digital, as pessoas pesquisam na internet informações sobre você. E se eles não encontrarem você, provavelmente encontrarão seus concorrentes.

Por isso, é fundamental que você esteja presente em todos os canais que seu público-alvo utiliza para consumir as informações.

Além de sites e blogs, as redes sociais são um importante canal de divulgação e relacionamento com seus clientes.

Estar presente digitalmente é uma forma de falar diretamente com seu público, gerar engajamento e identificação com sua marca, tirar dúvidas e licitar.

Ao criar confiança com seus clientes e prospects, você os torna poderosos influenciadores em seus círculos de amigos, familiares e colegas.

Lembre-se que todas as plataformas utilizadas para suas estratégias de marketing digital devem estar alinhadas com o discurso da marca. Portanto, tenha em mente qual é o tom de voz e o posicionamento da sua empresa.

5. Crie um funil de vendas

Você já ouviu falar do funil de vendas?

Essa estratégia é amplamente utilizada no Inbound Marketing e permite orientar seu cliente em uma jornada de compra.

Para isso, é preciso imaginar um funil composto por 4 etapas: atração, conversão, compra e encantamento.

Essas etapas representam os momentos pelos quais seu cliente potencial passa antes de chegar intuitivamente à solução que você pretende oferecer.

6. Promova seu conteúdo

Depois de tanta dedicação em produzir um bom conteúdo, não se esqueça de pensar em estratégias para promovê-lo.

Existem muitas possibilidades para promover conteúdo na Internet. Por isso, vale a pena se aprofundar em estratégias de mídia paga, como anúncios em redes sociais e Google Adwords, e estratégias de tráfego orgânico, utilizando técnicas de SEO e redes sociais, conforme explicado acima.

O legal de investir em mídia paga é que ela permite segmentar seus anúncios com base em um público específico. Ou seja, seus anúncios serão exibidos apenas para pessoas que se encaixam no perfil de seus personagens ou, em outras palavras, seus potenciais compradores.

Para potencializar ainda mais seu alcance, você também pode aplicar uma estratégia transmídia.

Por exemplo, depois de publicar um post em seu blog, você pode publicá-lo na página do Facebook da sua marca e convidar seus fãs a darem sua opinião sobre o que leram.

Da mesma forma, ao finalizar um vídeo no Youtube, você pode sugerir aos seus seguidores que te sigam em outras redes para receber mais informações sobre o assunto.

O importante é garantir que seu público receba seu conteúdo e permaneça engajado.

7. Tenha seu próprio domínio

Ter seu próprio domínio, ou seja, seu endereço na web, é extremamente importante. Tanto para dar profissionalismo como para atrair mais visitantes e conquistar novos clientes.

Com isso, você pode inserir uma URL personalizada em seu site, cadastrar um e-mail com o nome da sua empresa e ter a opção de criar subdomínios.

E sem contar com as vantagens que um domínio oferece às suas ações de marketing digital.

Você ganha pontos em ações de SEO, consegue criar anúncios com o Google e se cadastra com outras ferramentas essenciais para atividades digitais, como o Google Shopping.

E ao transmitir esse profissionalismo, as pessoas certamente confiarão mais no seu site e se tornarão clientes com menos objeções.

8. Domine as técnicas de SEO

SEO significa Search Engine Optimization, ou otimização de mecanismos de busca. Essa estratégia envolve uma série de técnicas que permitem encontrar seu conteúdo quando os usuários pesquisam em mecanismos como o Google.

Dominar e utilizar essas técnicas é muito benéfico para qualquer negócio no ambiente digital, pois não custa nada e pode gerar resultados incríveis.

As técnicas de SEO são separadas em 2 frentes:

  • SEO on-page: que inclui as ações realizadas na estrutura da página, para torná-la usual e adequada à experiência do usuário. E também na construção do conteúdo, que deve ser relevante e oferecer valor, conter as palavras-chave certas e ter boa legibilidade.
  • SEO fora da página: que envolve ações que vão além da página, como construção de backlinks, autoridade e presença online.
  • Para ter sucesso com as técnicas de SEO, é preciso muito planejamento, acompanhamento e envolvimento de diversas equipes, como desenvolvimento, design e conteúdo. E também é preciso entender que os resultados começam a aparecer no médio e longo prazo.

Mas todo o esforço de SEO vale a pena. Os benefícios são tão grandes e valiosos que a maioria das empresas engajadas no marketing digital adotam essas técnicas.

9. Aposte no design responsivo

O acesso móvel à Internet aumentou para 98,1% de 2017 a 2018, segundo dados divulgados pelo IBGE.

Essa estatística mostra uma tendência irreversível no mercado atual: cada vez mais pessoas possuem smartphones e os utilizam para pesquisar e até mesmo consumir produtos e serviços.

Apostar no design responsivo, que consiste em adaptar o layout das páginas da web a qualquer formato de tela, é mais do que essencial hoje. O foco deve ser 100% na experiência do usuário para que todas as outras estratégias realmente funcionem.

Sem páginas adaptadas, suas estratégias de marketing digital podem acabar sendo prejudicadas. Então, não deixe o design responsivo de lado, aposte em ferramentas que oferecem essa funcionalidade e conte com um designer para criar interfaces projetadas pelo usuário!

10. Monitore os KPIs corretos

Um dos grandes benefícios do marketing digital é poder usar a tecnologia de dados a seu favor. Na internet, você pode medir tudo, desde tráfego e cliques, até comportamento e conversões e muito mais.

Mas para aproveitar essa vantagem, você precisa planejar suas estratégias, definir metas claras e determinar indicadores de desempenho, ou KPIs, para medir suas ações.

Os KPIs permitem monitorar as métricas de desempenho e entender quais estratégias estão funcionando. Além disso, você pode criar relatórios objetivos e ter informações relevantes para tomar decisões e melhorar ainda mais!

Alguns dos KPIs mais utilizados são:

  • Taxa de conversão
  • Origem do tráfego
  • Aquisição de leads
  • Interações sociais
  • Conteúdo mais lido

Quando pensei que consegui o negócio, decidi quais seriam as mais adequadas com base no objetivo de cada estratégia. Portanto, há uma chance de fazer algo com eficiência e aumentar a eficiência significativamente.

11. Diferentes estratégias de cabeças

Mesmo se você estiver confiante de que uma estratégia funcionará, às vezes ela não entrega o resultado esperado. Portanto, sempre tenha um plano B para colocar em prática.

Altere o título dos seus textos, trabalhe com outras palavras-chave, anuncie de forma diferente nas redes sociais, anuncie de forma diferente.

Lembre-se sempre de registrar os dados relativos a essas tentativas e de analisar esses resultados.

Testar diferentes estratégias é uma ótima forma de conhecer o comportamento do seu público-alvo no ambiente digital. Com o tempo, suas ações se tornarão cada vez mais eficazes.

Se você gostou deste conteúdo, inscreva-se abaixo para receber todas as novidades e não se esqueça de deixar um comentário. Em breve.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like

Leia mais