Dicas

Tipos de atividades aceitas como horas complementares no ensino superior

Tipos de atividades aceitas como horas complementares no ensino superior

A faculdade vem sendo um dos melhores momentos na vida de diversas pessoas. Através da faculdade, demos um passo importante para o sucesso. Sabemos também que este é também um momento de dedicação e foco. Por isso, quem quer se formar rapidamente precisa dar o seu melhor para cumprir todos os compromissos que forem acadêmicos, como as Horas Complementares necessárias para concluir as atividades complementares.

Mas, na verdade, quais são essas atividades? Por que eles são necessários? Como implementá-los? 

O que são atividades complementares?

Se você fizer um curso de graduação, às vezes encontrará atividades complementares. Isso porque são requisitos obrigatórios para complementar os cursos acadêmicos – ou seja, para obter o tão esperado diploma, é preciso aderir a uma carga horária mínima definida.

Como o nome sugere, essas atividades complementam o aprendizado adquirido com o Curso Para Horas Complementares. O objetivo de tais atribuições é adicionar novas experiências para expandir a educação do aluno. Desta forma, para além de melhorarem o seu desempenho académico, recebem apoio adicional para o desenvolvimento profissional e pessoal.

Por que elas são importantes?

Enquanto muitos ainda pensam assim, criar atividades complementares não deve ser mais um determinado obstáculo para quem deseja se formar.

Fazem sentido em um ambiente acadêmico porque são fundamentais para o enriquecimento do processo de ensino. Afinal, são atividades complementares destinadas a fomentar a formação pessoal e profissional dos alunos.

Compromissos suplementares abrem portas para os alunos aprenderem sobre seus cursos de outras maneiras. Ele tem a oportunidade de aprender coisas novas fora dos modelos tradicionais de ensino, o que garante uma gama de experiências produtivas em ambientes fora das instituições acadêmicas.

Essas opções de aprendizagem possibilitam o desenvolvimento de mais autonomia, que passa a ser independência intelectual e de características que tendem a ser mais valorizadas pelos profissionais, como iniciativa, curiosidade e inovação.

Para uma aprendizagem eficaz, o aluno deve escolher comportamentos que sejam significativos para ele, tragam respostas positivas e contribuam para o seu crescimento global.

Outra questão que precisa ser levantada é que devido ao horário de trabalho flexível, esses compromissos são controlados e gerenciados pelos próprios alunos, mesmo durante as férias.

Há limites para as horas extras que cada professor pode solicitar por lei, e eles são definidos pela própria instituição – por isso é necessário notificar a faculdade.

Existem atividades complementares que podem ser realizadas na universidade?

Os programas de graduação oferecem muitas opções interessantes para quem procura tempo extra.

Monitoria

A monitoria é uma ótima opção para estudantes que querem se envolver mais com o lado acadêmico da vida na faculdade. Durante o acompanhamento, um aluno pode auxiliar outros alunos em diferentes períodos da mesma disciplina, o que os ajuda a desenvolver suas habilidades de comunicação e relacionamento.

Além disso, o monitoramento ocorre no campus, o que pode ser facilmente encaixado na agenda dos alunos sem ter que trabalhar demais.

Estágios profissionais

Todo aluno precisa ter uma experiência de estágio. Isso porque ajuda os alunos a aprender mais sobre sua futura área de trabalho, ganhar maturidade e desenvolver suas habilidades interpessoais, além de permitir uma carga de trabalho mais flexível (já que os alunos têm muitos compromissos acadêmicos).

Os estágios profissionais são ótimos acréscimos ao currículo dos alunos e podem até ser exigidos por algumas escolas.

Eles oferecem uma boa oportunidade para expandir a educação dos alunos e podem levar a ofertas de emprego após a formatura para alunos em seus últimos anos na universidade.

Intercâmbio

O intercâmbio de idiomas e culturas com outros países pode ser uma atividade complementar fantástica para estudantes que desejam se tornar bem versados ​​em outro idioma, e pode até ajudá-los a conseguir um bom emprego depois de formados.

Os programas de intercâmbio entre universidades são uma excelente oportunidade para os alunos estudarem no exterior por um semestre ou até um ano inteiro. Esses programas são muito procurados pelos recrutadores, pois mostram que o aluno estava disposto a sair de sua zona de conforto e tentar algo novo.

Os alunos também podem participar de programas de trabalho/estudos, onde fazem um Curso Para Horas Complementares e trabalham meio período para pagar suas despesas.

Pesquisa

Ter pesquisas acadêmicas em seu currículo mostra interesse e comprometimento em utilizar o que você aprendeu em sala de aula, tornando-o mais desejável para os recrutadores. Os professores geralmente têm grupos de pesquisa, que envolvem alunos de graduação fazendo trabalhos científicos.

As bolsas de desenvolvimento inicial são muitas vezes selecionadas pelos professores desses grupos. Participar de eventos acadêmicos como seminários e congressos, além de utilizar a biblioteca, também é uma ótima maneira de aprender mais sobre essa área.

Voluntariado

Os alunos podem agregar um valor tremendo quando oferecem seu tempo e esforços para uma boa causa. Não só é uma grande coisa ter em um currículo, mas o voluntariado é uma maneira de causar impacto na comunidade, ajudar os outros e melhorar a auto-realização.

Existem muitos empreendimentos sociais com os quais alguém pode se voluntariar: organizações de caridade para crianças e famílias carentes, centros culturais, grupos de animais e muito mais. Todo aluno deve experimentar crescimento pessoal e responsabilidade social.

Essas causas estão abertas a receber ajuda o tempo todo, e as atividades de voluntariado podem não ter relação com o futuro trabalho do aluno. O importante é que o aluno tenha a experiência, que ele possa se desenvolver em todos os sentidos, inclusive pessoal e socialmente.

Cursos livres online

Os cursos gratuitos a distância são ótimos para alunos que querem agregar algo à sua rotina, mas ainda têm flexibilidade. Esses cursos permitem que os alunos façam seus próprios horários e trabalhem online, o que pode ajudar o aluno a desenvolver mais responsabilidade com seus estudos.

Outra boa razão para escolher cursos gratuitos é porque eles são econômicos. Não há necessidade de viajar para casa para estudar online; tudo que você precisa é de um dispositivo conectado à internet. Os cursos têm um investimento muito menor do que outros workshops, palestras e muito mais.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like

Leia mais